Corsan assina termo com a Faders para melhorar atendimento às pessoas com deficiência

As pessoas com deficiência no Rio Grande do Sul que precisarem dos serviços da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) irão notar, em breve, uma melhoria no atendimento em todo o Estado. Os funcionários da estatal irão passar por uma capacitação para melhor atender essas pessoas e os prédios da Corsan serão reformados para facilitar a acessibilidade. Essas transformações só serão possíveis graças ao termo de cooperação que a Corsan assinou nesta quinta-feira (16) com a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH), por meio da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades no RS (Faders).

A parceria irá, ainda, viabilizar uma maior divulgação da possibilidade de se receber contas em braille para que mais pessoas com deficiência visual possam acessá-la. Atualmente, apenas 52 faturas da Corsan são impressas em braille. Informações sobre deficiência e como lidar com elas também passarão a fazer parte das mais de 1,72 milhão de faturas que vão para as casas dos gaúchos de 325 municípios.

Durante o ato de assinatura, o secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, elogiou a gestão da Corsan que tem realizado importantes parcerias com a SJDH em prol dos mais vulneráveis socialmente. Fabiano lembrou a adesão recente da companhia ao Programa POD Legal, na qual contratará 160 jovens da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) no Estado. “Parabéns a essa empresa que, além de água e esgoto, leva cidadania às pessoas, porque só assim vamos ter uma vida mais plena”, acrescentou o secretário.

Os cursos de capacitação para os funcionários da Corsan, bem como a indicação de melhorias nos prédios, serão realizados pela Faders. A diretora-presidente da fundação, Marli Conzatti lembrou que há 40 anos a Faders capacita gestores públicos para atender pessoas com deficiência. “Mais do que capacitar temos sensibilizado gestores e sociedade em geral para que tenham outro olhar sob as pessoas com deficiência. Agora, com essas informações na fatura da Corsan, teremos uma comunicação que chegará até as pessoas”, comemorou Marli.

O diretor-presidente da Corsan, Arnaldo Dutra, falou da missão da estatal de buscar a melhoria da vida dos clientes. Ele ainda se disse parceiro em apoiar as ações da secretaria. “Estamos muito afinados para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Esse é o papel dessa empresa também”, finalizou Dutra.

 

Fonte: corsan.com.br

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =