Dirigentes debatem riscos nos investimentos em encontro na Funcorsan

Integrantes da diretoria e conselhos Deliberativo e Fiscal da Funcorsan, além de funcionários e representantes de outros fundos de pensão e entidades congêneres, participaram ontem (4) do curso Riscos, promovido pela BBM Investimentos, empresa gestora do Fundo exclusivo da Fundação no segmento de Renda Variável, que está em fase de aprovação do regulamento: o Fundo Piratini. O encontro, realizado durante manhã e tarde no auditório da entidade, foi conduzido pelo diretor da BBM, César Aragão, e teve como objetivo aproximar os investidores do mercado financeiro, trazendo informações sobre o cenário econômico nacional e principalmente proporcionando um ambiente de troca de ideias a sobre mecanismos disponíveis para aplicações financeiras.

Conforme Aragão, vem sendo uma prática da empresa, há cerca de um ano, levar ao que define como as principais praças nacionais de investimento o debate em torno das alternativas do mercado brasileiro. O curso que já percorreu Belo Horizonte, Salvador e Florianópolis, vem sendo um sucesso, instigando dirigentes a uma participação mais ativa nos seus investimentos. “Muito além de um treinamento, esses encontros possuem caráter ligado à transparência sobre a forma como se faz as aplicações. Achamos excelente que os donos do dinheiro façam parte do entendimento do que é o mercado financeiro e como ele funciona. E nesse sentido nossa missão de treinamento, interação e especialmente debate de ideias está cumprida”, afirmou.

Entre os principais pontos debatidos no encontro, destacam-se os conceitos básicos de estatística, metodologias de VaR (Value at Risk) aplicadas ao risco de mercado, risco em fundos de investimento e, o que não poderia faltar, o impacto da queda nos juros. “É uma pergunta recorrente: e agora, o juro real caiu, o que fazer? Como lidar com os investimentos institucionais em um mercado de juro baixo? Sem dúvida o trabalho ficou mais difícil nesse cenário, e é uma questão bastante relevante, hoje, que faz parte do nosso debate”, destacou Aragão.

Fonte: Assessoria de Imprensa Funcorsan

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 1 =