Corsan renova parceria com Prefeitura de São Borja

O novo contrato será de 30 anos e prevê investimentos no valor de R$ 160 milhões nos sistemas de água, esgotos, saneamento ambiental, drenagem urbana, resíduos sólidos e na área rural. Será criado um Fundo de Gestão Compartilhada, onde os recursos serão provenientes de 5% da arrecadação da tarifa de água e 100% da tarifa de esgotos.

Os recursos gerados pelo fundo serão priorizados em obras definidas pelo conselho deliberativo, composto de representantes do município e Corsan. Com isso, será possível a universalização do serviço de esgotos em 12 anos, mas dentro de quatro anos 50% da cidade terá cobertura e em até 8 anos, 70% da área urbana, como está previsto pelo Plano Municipal de Saneamento.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 18 =