Lançamento da Frente em Defesa do Patrimônio do Povo Gaúcho em Gravataí

A prefeitura da cidade metropolitana publicou, no dia 29 de julho, no Diário Oficial do município e da União, o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para dar início ao processo de concessão do serviço de saneamento em Gravataí.

Vale lembrar que por pertencer a Região Metropolitana de Porto Alegre, o Estatuto da Metrópole deve ser respeitado, o que deixa o prefeito do município, Marco Alba, em uma situação jurídica a ser amplamente debatida.

Tendo como exemplo a privatização em Uruguaiana, e com o prefeito à época, Sanchotene Felice, visitando Gravataí e explicando todos os detalhes para Alba, começamos a trabalhar para que o município não consiga êxito em seu objetivo de privatizar o saneamento. Já participamos, em conjunto com o presidente da Corsan, de audiência pública que debateu o contrato de programa entre a Companhia e prefeitura, e seguimos trabalhando no município com o objetivo de que o tema seja amplamente debatido pela população.

Nesta quinta-feira (24), o SINDIÁGUA e várias entidades sociais da cidade realizarão o Lançamento da Frente em Defesa do Patrimônio do Povo Gaúcho em Gravataí. A mobilização visa alertar a população ao interesse do Governo do Estado em privatizar as estatais gaúchas, trazendo prejuízo aos serviços que são prestados atualmente pelos órgãos públicos.

Lançamento da Frente em Defesa do Patrimônio do Povo Gaúcho em Gravataí

DIA: 24 de setembro de 2015 (quinta-feira)

HORÁRIO: 18 horas

LOCAL: Paróquia Nossa Senhora dos Anjos

End.: Rua Conego Pedro Wagner, no 717 – Gravataí, RS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 2 =