SINDIÁGUA debate as perspectivas do saneamento público

O SINDIÁGUA participou nesta quarta-feira (25) de audiência pública que debateu as perspectivas da Corsan e do saneamento público no Estado. A realização foi da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do RS e iniciativa do deputado estadual Tarcísio Zimmermann (PT).

Durante as três horas de encontro, parlamentares, representantes da Agergs, Ministério Público e outras entidades, falaram sobre o atual momento do saneamento no Estado e também abordaram a atuação da Companhia.O SINDIÁGUA foi um dos convidados e compôs a mesa de debates, que também contou com o presidente da Corsan, o secretário estadual de Obras, Saneamento e Habitação, e com o prefeito de Santa Maria, cidade que está debatendo o contrato de programa com a Companhia.

Em uma audiência com um debate de qualidade, um dos consensos foi o de que a privatização do saneamento não é a solução. Os problemas enfrentados pela Corsan também foram salientados e de concreto ficou a proposição do SINDIÁGUA para que a Companhia descentralize suas ações da Sede em Porto Alegre para que grandes unidades do interior possam, lá na ponta onde a Corsan de fato opera, ter autonomia e dar mais agilidade aos processos e aos serviços.

Ponderado sobre o passivo trabalhista da Companhia, o presidente da Corsan convidou o SINDIÁGUA ao diálogo para que se chegue a uma solução sobre o tema. O Sindicato se mostrou solidário para com o debate, porém frisou que atuais medidas realizadas pela direção da Corsan, como os processos de realização de escalas, não atacam os problemas que levam o trabalhador a procurar seus direitos.

Mais uma vez o SINDIÁGUA participa de um importante debate sobre saneamento e tem seu trabalhado reconhecido.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =