Atuação em Santa Maria

O prefeito Cezar Schirmer (PMDB) afirma que não renovará o contrato com a Corsan. O atual contrato expira em 16/10/2016. Embora as negociações com a Corsan não estejam encerradas, o prefeito se mostra irredutível. Tem ele a ideia de privatizar os serviços.

Nosso trabalho
O SINDIÁGUA, a exemplo do que já fez em inúmeros municípios do Estado, está fazendo em Santa Maria tudo o que é necessário para que o prefeito não fique absoluto na questão. Estamos provocando o debate na Câmara de Vereadores e também com a sociedade, através da imprensa.

Tribuna Livre
No dia 24 de março, o SINDIÁGUA ocupou a Tribuna Livre da Câmara de Vereadores. Com a Câmara lotada, nosso Sindicato usou a Tribuna para esclarecer a situação ao público presente, aos vereadores e também à população através da TV Câmara. A Comissão formada por vereadores apresentou neste dia o seu relatório sobre o levantamento do saneamento em diversos municípios e concluiu que a melhor alternativa é renovar com a Corsan. O SINDIÁGUA esteve acompanhando esta Comissão quando de sua visita à Uruguaiana. Era nossa preocupação que os vereadores santa-marienses não conversassem apenas com o prefeito de Uruguaiana e com a Odebrecht. Levamos a Comissão para ver o problema lá nas vilas do município.

Imprensa
Estamos, como sempre fazemos nestes casos, utilizando o dinheiro do trabalhador para investir na mídia. A população tem que ser esclarecida.

Pré-candidatos a prefeitos
Como este é um ano eleitoral, o SINDIÁGUA está conversando com todos os pré-candidatos a prefeito. Estamos entregando documento que solicita ao postulante ao cargo que ele se manifeste por escrito sobre sua intenção com o saneamento na cidade. A ideia é que todos eles reunidos, peçam ao atual prefeito que não tome uma decisão desta importância em seu último ano de mandato, deixando para o próximo prefeito a decisão.

Reunião com o atual prefeito
O prefeito manifestou interesse de conversar com uma Comissão de Trabalhadores. Estamos desde a semana passada tentando marcar a tal reunião. Não conseguimos. Mas, temos o firme entendimento que, não é com os trabalhadores que o prefeito tem que conversar. Nós, neste contexto, somos os trabalhadores. Ele deve conversar com a gestão da Corsan e com o Governo do Estado. Estes é quem tem a caneta na mão para fazer alguma melhoria na proposta inicial.

Enfim
Estamos buscando apoio de entidades de classe na cidade a exemplo do que deu muito certo em Santa Cruz do Sul e Erechim, dentre outros. Depois do uso da Tribuna Livre por nosso Sindicato, ficou a nítida impressão que temos a maioria dos edis a nosso favor. Temos a firme convicção de que tudo o que o prefeito precisar passar pelo Legislativo para levar seu plano adiante, ele não terá nenhuma facilidade. É um jogo. E o nosso Sindicato está jogando. Em outras cidades a decisão demorou até três anos para ser concretizada, com ações políticas e jurídicas o tempo foi passando e o prefeito não conseguiu privatizar. Em Santa Maria, o prefeito não tem todo este tempo. O mandato dele termina no próximo dia 31 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − seis =