Campanha Salarial: rol de reivindicações é entregue

Na manhã desta quinta-feira (30), a Direção do SINDIÁGUA realizou – ao diretor Administrativo da Corsan – a entrega do rol de reivindicações da Campanha Salarial 2017/2018.

Aprovado em Assembleia Geral no último dia 10 de março, a proposta busca a renovação integral do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) vigente com todas suas correções sobre o INPC, e o acolhimento de novas cláusulas deliberadas pela categoria em Assembleia. Na questão salarial, os trabalhadores e as trabalhadoras almejam a aplicação imediata do INPC, mais 50% do índice a título de Ganho Real.


Assembleia Permanente

Também definição dos trabalhadores e das trabalhadoras durante o dia 10 de março, a transformação da Assembleia Geral em Assembleia Geral Permanente, até a celebração do ACT 2017/2018, permite que a direção do Sindicato, juntamente com o Conselho de Representantes, defina ações sem a necessidade de chamamento de nova Assembleia. Entre elas, poderá se decidir sobre a questão de uma possível paralisação e de uma greve.

O presidente do SINDIÁGUA, Leandro Almeida, espera que a negociação vá ao encontro dos anseios da categoria, a qual foi responsável direta pelo superávit de mais de R$ 200 milhões que a Companhia obteve em 2016. Almeida salientou que a preservação de direitos históricos conquistados pelos trabalhadores também é uma pauta importante das negociações.

Juntamente com o rol de reivindicações, o Sindicato solicitou a prorrogação do Acordo Coletivo vigente até o final das negociações. O SINDIÁGUA também sugeriu a data de 19 de abril como o prazo máximo de início das negociações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × cinco =