Encontro com vereadores de Canoas aborda PPP do esgoto e PAC

O SINDIÁGUA esteve ontem pela manhã na Câmara de Vereadores de Canoas. Uma reunião agendada inicialmente com o vereador Bamberg, transformou-se num grande encontro com sete vereadores.

O tema da conversa foi a proposta de PPP do esgoto para a cidade. Mostramos aos vereadores o grande erro que é esta PPP. Já foram investidos vários milhões de reais de dinheiro público na cidade e agora a direção da Corsan quer entregar todo esse dinheiro de forma gratuita para uma determinada empresa privada obter lucro fácil.

Mas o que mais chamou a atenção dos vereadores foi o recurso do PAC que estava destinado à cidade. São R$ 216 milhões que já estavam contratados com o Ministério das Cidades e que a direção da Corsan perdeu. Todos estão confiando, até o momento, somente em respostas verbais da Companhia de que o dinheiro não veio por conta da escassez de recursos no governo federal.

Pois bem, sugerimos aos vereadores que solicitem resposta formal à Corsan. Que a direção da Companhia mostre o documento que, por ventura, tenha recebido do Ministério das Cidades ou da Caixa Federal.

Os vereadores ficaram muito interessados em saber na realidade, onde parou o processo. Quem não cumpriu sua parte no contrato já assinado? Foi o governo estadual ou o federal?

Afinal, com esses R$ 216 milhões já se chegaria bem próximo da universalização do esgoto em Canoas, com dinheiro público e, de graça. Claro que, dessa forma, ficaria mais difícil de entregar o esgoto de Canoas para uma empresa privada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 2 =