Brasileiros têm mais acesso aos serviços de telefonia móvel do que aos serviços de esgoto

A informação inquietante chamou a atenção: os brasileiros têm mais acesso aos serviços de telefonia móvel do que aos serviços de esgoto. Segundo pesquisa do IBGE, em 92,3% dos domicílios há pelo menos um residente que possua por menos um smartphone, mas em 66% das residências do país não há tratamento de esgoto. Salvo raríssimas exceções, o número de smartphones vai crescer exponencialmente, da mesma forma que o tratamento de esgoto vai continuar decrescente.

Segundo a pesquisa, em comparação a outros países, nossos níveis de acesso aos smartphones são de primeiro mundo. Nas residências só há mais televisores e geladeiras do que smartphones.

O saneamento básico no Brasil é totalmente periférico. O grau de satisfação a este quesito é de terceiro mundo.

Em tempos cuja discussão está sobre acesso à internet como um direito fundamental, não se respeita o direito fundamental de pleno gozo do direito à vida. A falta de saneamento básico pode resultar numa série de doenças, algumas delas nocivas à saúde, especialmente para as crianças.

Fonte Portal Saneamento Básico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − catorze =