SINDIÁGUA e seus Representantes traçam estratégias contra MP do Saneamento

Nesta semana o SINDIÁGUA reuniu seus Representantes Sindicais para traçar as estratégias de lutas para que a Medida Provisória 844/18 seja barrada no Congresso Nacional. Uma delas será a entrega, em todos os municípios gaúchos, de uma carta alertando os malefícios que a MP trará à população brasileira e também os reflexos que a MP terá nas casas legislativas, onde o poder das Câmaras Municipais se reduz a nenhum.

Ao longo das próximas semanas, os Representantes Sindicais irão entregar as cartas às casas legislativas gaúchas e também ocupar espaços importantes tanto no legislativo local como na imprensa, onde a fala sobre o projeto de privatização do saneamento proposto por Michel Temer deve se pautar pelos inúmeros prejuízos que a MP causará.

Na terça-feira, juntamente com entidades importantes do setor de saneamento – (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (ASSEMAE), Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (AESBE) e a Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR) – , o SINDIÁGUA participou, em Porto Alegre, do ‘Dia Nacional Contra a MP do Saneamento’. Durante o evento, foi assinado um manifesto de repúdio à MP.

Para o presidente interino do SINDIÁGUA, Arilson Wünsch, “debater as estratégias com os Representantes é importante para que o trabalho do Sindicato possa atingir a sua meta, que é a derrota desta MP, a qual liquida o saneamento público brasileiro.”

Wünsch também detalhou que uma das próximas ações do SINDIÁGUA, através da coordenação da Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental, é a participação na Audiência Pública da Câmera Federal que abordará o tema, bem como a visita ao presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira. O encontro tem como objetivo o pedido de devolução da MP ao governo do Temer, haja vista as várias inconstitucionalidades contidas nela.

Corpo a corpo
Trabalhadores e Trabalhadoras, façam sua parte e conversem com seu deputado federal e senador para que ele se posicione contrário a esta MP. Lembre-se que nesta época de recesso e pré-eleitoral, os parlamentares estão em suas regiões em busca de votos.

#844MPdaSede
#DevolveEunício

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 11 =