Seminário regional contra a MP do Saneamento

Aconteceu nesta segunda-feira (20), no sul, sudeste, norte e nordeste, seminários regionais para discutir a privatização do serviço de saneamento público, que será a realidade do nosso país caso a MP 868/2018, agora convertida em PLV 8/2019, seja aprovada.
O presidente do SINDIÁGUA-RS Leandro Almeida, o secretário-geral Arilson Wunsch – que compôs a mesa representando a Frente Nacional pelo Saneamento Ambiental (FNSA) e a Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) – delegados sindicais e trabalhadores estiveram presentes no evento de Florianópolis e participaram, em um auditório lotado, das discussões contra a medida que quer desestruturar o saneamento e impedir a universalização do setor. “É hora de intensificar a mobilização, o projeto está na pauta do Congresso e se for aprovada será uma tragédia para o saneamento de todo o país. Temos que esquecer partidos e estar unidos em favor do saneamento público”, disse Arilson.
Amanhã (21), é a vez da região centro-oeste. A Câmara dos Deputados será palco do seminário nacional “MP 868: Marco legal do Saneamento Básico”. Se você não pode estar na capital federal, isso não impede de fortalecer a luta. Use as redes sociais, fale com seu parlamentar, toda a ação é importante neste momento.
“É lá que nossa vida será decidida e é triste saber que quem votará não sabe a realidade do saneamento. Por isso não podemos ficar de braços cruzados”, reforçou Leandro Almeida.

Precisamos estar ainda mais unidos por um direito que é de todos!

Nossa luta não tem trégua!
Água não é mercadoria!
Todos contra a MP que privatiza o saneamento!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 3 =