COMUNICADO DO SINDIÁGUA/RS

Novo Corona Vírus

 

Neste momento de muita apreensão por parte de todos os Trabalhadores da Corsan o SINDIÁGUA-RS vem esclarecer:

 

– Mesmo que, por muitas vezes, a gestão Corsan só se movimente após nossas cobranças, precisamos esclarecer que não somos a gestão da Companhia.

 

– O que nos cabe, como representante de todos os Trabalhadores da Corsan é reivindicar as medidas de proteção dos funcionários. E isto já fizemos em duas oportunidades.

 

– Neste momento de calamidade pública tanto a gestão como os Trabalhadores e o nosso Sindicato devem estar unidos na prevenção deste vírus que está mudando a rotina da população de todo o planeta.

– Já solicitamos à Corsan as medidas que julgamos necessárias. Entendemos que toda e qualquer proximidade física deve ser evitada.

 

-Solicitamos à gestão da Corsan que também suspendesse o corte de água, pelos motivos óbvios. Além do nosso funcionário estar lá, em contato com o usuário, há ainda a questão lógica de que uma das ações preventivas mais eficazes é a higiene, lavando as mãos sempre que possível. Então, não é recomendável do ponto de vista sanitário que a Companhia pública Corsan deixe os usuários sem esta condição.

 

– Recebemos notícia de que alguns chefes desprovidos de inteligência estão forçando para que o corte prossiga normalmente.

Cuidado Chefe, este vírus é imprevisível.

 

– O SINDIÁGUA-RS sinalizou à Corsan o que deve ser feito. No Sindicato o trabalho segue normalmente, só que de maneira virtual.

Embora entendamos que alguns serviços da Corsan necessitem da presença física, há que se dar condições a estes Trabalhadores.

 

– Sabemos existir muitas situações específicas em nosso ambiente de trabalho, cada uma com suas razões para buscar a melhor maneira de prevenir..

E todas estas situações estão contempladas em nosso pedido de providências à Corsan.

 

– Está mais do que na hora do Presidente da Corsan abandonar um pouco esta fixação por PPP, abertura de capital e privatizações e cuidar melhor das pessoas que construíram esta empresa que momentaneamente ele preside e também da população que depende desta Companhia pública chamada CORSAN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − dezessete =