A privatização chegou!

O SINDIÁGUA realizou nos dias 24 e 25 o Seminário Binacional e Interestadual PPP’s (parcerias público-privadas) no Saneamento: Qual rumo desejam os trabalhadores?. O evento, realizado em Porto Alegre, teve por objetivo debater as parcerias no saneamento.

Entre os temas abordados estiveram “A CUT na mobilização dos trabalhadores e as PPP’s”, “PPP’s no Saneamento – Visão governamental”, “O controle externo (TCE) e o controle do cidadão sobre as concessões e parcerias de água.”, entre outros. Na visão geral dos palestrantes, as Parcerias Público-Privadas (PPP’s) no saneamento não passam de uma privatização.

Os inúmeros exemplos, como o de colegas do Pernambuco – onde a PPP já é realidade, deixaram claro que entregar o saneamento à iniciativa privada é lesar não só o Estado, mas toda a sociedade brasileira.

Num dos principais painéis do evento, o secretário de Habitação e Saneamento do RS, Marcel Frison, deu detalhes do processo de PPP que o Governo do Estado pretende implantar na Corsan. Segundo Frison, é inevitável que a iniciativa privada não tenha participação no saneamento. “Só uma revolução evitaria tal parcerias”, afirmou.

Ao final do Seminário, Leandro Almeida, presidente do SINDIÁGUA, ressaltou a importância do evento que contou com grande participação de Representantes Sindicais da Corsan, entidades governamentais e inúmeras representações sindicais de todo o Brasil e do exterior. “Vimos aqui durante dois dias que a luta deve continuar mais forte do que nunca. O desafio é grande, mas só com a mobilização do trabalhador e da sociedade poderemos mudar este quadro”, finalizou.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 20 =