5 de outubro – Dia Nacional de Combate a Exposição ao Benzeno

Na manhã desta segunda-feira, os trabalhadores do SITEL, juntamente com a direção do SINDIÁGUA e SINDIPOLO, realizaram produtivo debate sobre o Dia Nacional de Combate a Exposição ao Benzeno.

Na oportunidade, debateu-se sobre a importância do monitoramento e controle quanto a exposição ao agente cancerígeno.

A direção do SINDIPOLO relatou a situação enfrentada nas demais empresas do pólo petroquímico e ratificou a importância da troca de informações entre trabalhadores do SITEL e demais empresas.

A Corsan por sua vez, fez uma explanação sobre a forma de monitoramento praticada atualmente.

Origem da data
No dia 5 de outubro de 2004, por ter trabalhado exposto ao benzeno faleceu o técnico de operações da refinaria Presidente Bernardes, de Cuba tão (RPBC), Roberto Viegas Kappra. Kappra tinha somente 36 anos e faleceu vítima de leucemia mieloide aguda, deixando esposa e dois filhos. A perda deste companheiro, deu-se em um prazo muito curto, pois entre o diagnóstico e o óbito passaram-se somente 22 dias. Recordando esse companheiro que nos deixou muito cedo, o dia 5 de outubro passa a ser uma data para reflexões a respeito das nossas exposições ao cancerígeno benzeno e as respectivas respostas que cada empresa cadastrada para uso deste produto emprega no cumprimento do Acordo e Legislação em seus meio ambientes do trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − seis =