Reunião sobre Acordo Coletivo com diretoria da Corsan

Na tarde dessa terça-feira (30/4), as direções do SINDIÁGUA e Corsan estiveram reunidas para dar início às negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2019/2020. A Corsan se posicionou de forma muito respeitosa as demandas da categoria, mas nesse momento de transição interna a atual diretoria informa que não tem como iniciar as negociação, pois o GAE – Grupo de Assessoramento do Estado, bem como PGE – Procuradoria Geral do Estado e o Governo do Estado ainda não definiram as diretrizes para a Corsan. Na mesma reunião, foi dito que o novo presidente assumirá suas funções somente na próxima semana.

De importante nessa reunião, temos a confirmação da prorrogação do Acordo Coletivo 2018/2019 e o anexo I para mais 90 dias, garantindo todos os direitos de nosso ACT para os trabalhadores da Corsan.

Participaram também do encontro de negociação a Comissão eleita em Assembleia Geral, os trabalhadores Leonardo Rufino, Neori Pavan e a trabalhadora Nanci Soares.

A comissão terá um canal direto com a categoria via boletim, para também relatar o que está acompanhando nessa negociação. Esse relato é de inteira responsabilidade da comissão e de forma independente.

Enquanto representantes dos trabalhadores nas unidades, estamos otimistas quanto ao avanço nas negociações considerando o acolhimento amistoso e cordial, embora a primeira reunião fosse mais formal do que prática em relação ao ACT 2019-2020. O diretor Administrativo Paganella e o próprio Presidente Melo, foram cautelosos nas falas, mas demonstraram abertura ao diálogo. É necessário aguardar a posse da nova direção da Corsan para darmos prosseguimento na discussão das cláusulas propriamente ditas.”, relato da comissão.

De acordo com o presidente do SINDIÁGUA, Leandro Almeida, “por conta do momento atual está não será uma negociação fácil. Por isso, é necessário e importante termos pulso firme, estarmos unidos e, enquanto representantes, precisamos do respaldo da categoria para conseguirmos os avanços.”

Durante a reunião, colocamos em pauta também os diversos problemas das unidades para a diretoria da Corsan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =