SINDIÁGUA/RS realiza Encontro Estadual de Representantes Sindicais

Sindicalistas de todo estado se reúnem para debater conjuntura atual

Entre os dias 06, 07 e 08 de dezembro, ocorreu mais um Encontro Estadual de Representantes Sindicais promovido pelo SINDIÁGUA/RS. A plenária visou debater temas relevantes aos trabalhadores e trabalhadoras sobre os enfrentamentos do sindicato no que se refere à privatização, atual cenário político, estratégias de luta, acordo coletivo e demais assuntos pertinentes à categoria. A assessoria jurídica do sindicato também esteve presente para tirar dúvidas dos colegas.

Nesta edição, além dos assuntos sobre a venda da Companhia, os representantes participaram de uma dinâmica onde puderam transmitir os mais diversos sentimentos em relação ao atual momento. Os trabalhadores relataram insegurança, incerteza, medo, tristeza e angústia neste período. A dinâmica oportunizou um debate em torno da saúde mental dos trabalhadores e trabalhadoras e o que estão enfrentando durante a transição na empresa. Além disso, o encontro proporciona aos trabalhadores e trabalhadoras que se manifestem através de seus representantes, sobre as condições de suas áreas de atuação dentro da Companhia e os enfrentamentos do momento atual. Após o debate da conjuntura as/os representantes foram divididos por regional e trouxeram informações sobre o andamento de suas unidades para estruturar do trabalho de 2024.

O segundo dia do encontro teve a presença da Secretária de Combate ao Racismo da CUTRS, Isis Marques que tratou sobre o enfrentamento do racismo histórico e na atualidade, e a Secretaria da Mulher Trabalhadora também da CUTRS Suzana Lauerman que abordou “O papel do homem na equidade de gênero. A Fundação Corsan também foi pauta dos questionamentos, representada pelo diretor de seguridade Gilmar Arnt.

O presidente da entidade, Arilson Wünsch, acredita que as reuniões servem para mobilizar a categoria e elucidar sobre os acontecimentos. “Os encontros de formação são essenciais para passar o dia a dia do sindicato para os dirigentes, esse trabalho é feito para que os representantes das bases levem a informação e orientem seus colegas, principalmente neste período de mudança”, pontua. Arilson acredita na reversão da privatização da Corsan por parte do órgão de controle, e também orientou a categoria sobre os próximos passos da entidade em relação à pauta.

Na sexta-feira (08), último dia do evento, foram feitos os encaminhamentos, o planejamento sindical para o próximo ano, estratégias de luta e como enfrentar o momento privado na Corsan.

Seja sócio

As entidades sindicais são as legítimas representantes dos trabalhadores e trabalhadoras. O SINDIÁGUA/RS visa a valorização do ofício de cada trabalhador (a), e além de lutar para a manutenção dos direitos conquistados, o objetivo é cada vez mais ampliá-los. Os avanços alcançados pelos trabalhadores são fruto de intensa mobilização coletiva.

Ser sindicalizado é um direito do trabalhador e um exercício de cidadania.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =