Sindiágua entrega pauta do saneamento ao pré-candidato à presidência Ciro Gomes

Encontro ocorreu nesta quarta-feira, 8/6, em Porto Alegre. Presidente do Sindiágua, Arilson Wünsch, também destacou a importância de manter a Corsan pública

O presidente do Sindiágua/RS, Arilson Wünsch entregou a pauta nacional do saneamento público ao pré-candidato à presidência pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), Ciro Gomes, na tarde desta quarta-feira, 8, em Porto Alegre. O presidenciável declarou que conhece o tema e se manifestará em virtude da importância estratégica do assunto para o país.

“A defesa do patrimônio nacional, da soberania e dos valores democráticos são marcas do trabalhismo”, reforçou o sindicalista durante a entrega do documento que engloba as contribuições da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), entidade que abrange os trabalhadores do setor de todo o país.

“Pedimos a revisão dos procedimentos para a regulação dos serviços públicos de saneamento básico, pautando o acesso universal físico e econômico a serviços de qualidade, seguros e sustentáveis”, resumiu Arilson Wünsch, lembrando que a mesma pauta foi entregue na semana passada ao pré-candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva, em agenda na capital gaúcha no dia 2 de junho

Ato em defesa da Corsan

A manutenção da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) pública foi reforçada também ao pré-candidato ao governo do Estado pelo PDT, Vieira da Cunha. Com destacada trajetória em defesa da estatal, o ex-deputado foi autor da lei aprovada em 2002 que previa obrigatoriedade de consulta direta à população para a venda da estatal, item derrubado pelo parlamento gaúcho no ano passado.

O governo do estado anunciou para julho a abertura de capital na bolsa de valores. O presidente do Sindiágua informou do ato “RS pela Água” marcado para 28 de junho, em Porto Alegre, com participação também dos servidores do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), do Fórum em Defesa da Água e do Saneamento e entidades em geral em defesa da água e saneamento públicos.

“Nosso município participará dessa mobilização histórica para preservar este serviço público fundamental”, declarou o prefeito de São Sepé, João Luiz Vargas, presente na atividade e um dos gestores municipais empenhados em frear a venda da companhia que presta serviços de saneamento aos gaúchos há 56 anos.

O documento entregue a Ciro Gomes aponta as prioridades no abastecimento de água e esgotamento sanitário com ênfase nas áreas com infraestrutura precária, manejo das águas pluviais frente aos desastres recentes, orientações na política de gestão dos resíduos sólidos e integração à política nacional do setor.

 

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + dezoito =